terça-feira, 4 de agosto de 2009

Escorpião

Eu me rasgo
E me queimo
E me curo com tesão
Sou chorona
Sou guerreira
Eu sou um escorpião!
Eu me mato
E renasço
E das cinzas faço pão.
Bebo o sangue
Da minh’alma
Eu sou um escorpião.
Faço a guerra
Trago a paz
Enfeitiço com porrada
Falo sim e muito não
Sou sutil fiel amada
Eu sou um escorpião
Se da festa
Tu sentires
Meu perfume de paixão
Sejas sábio
Tens cautela...
Eu sou um escorpião!
Mas se forte aceitares
E seguires sem cansaço
Os prazeres mais sublimes
Sentirás no meu abraço.
E tua calma será santa
E teu corpo será são
E tua vida será tanta...
Com o teu escorpião...

Nenhum comentário:

Postar um comentário