sábado, 17 de abril de 2010

Culpa


Sinto-me culpada,
talvez por ter falado o que falei
ou por ter sentido o que senti.
As vezes tenho medo de estar seguindo um caminho errado
à procura da estrada certa
Algumas vontades insanas passam rapidamente pela cabeça
e logo tento me corrigir
O desejo de fazer o que me traz prazer
chega ser maior que o desejo de estar bem
A sorte e o azar caminham de mãos dadas
Em uma direção vejo um futuro feliz
e olhando para o lado vejo a tentação de um intenso prazer
Me falta segurança para seguir o caminho certo
mas também falta coragem para assumir as consequências de outra decisão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário